Clique no banner e entenda nossa proposta (Instituto de Pesquisa e Promoção dos Estados de Cura)
Veja Aqui (Informações sobre Psicoterapia Reencarnacionista e Terapia de Vidas Passadas)
Veja aqui como a hipnose é reconhecida e valorizada em importantes centros médicos
Clique no banner e veja o que é e suas principais indicações de uso!
Clique no banner para saber mais sobre Modulação Hormonal Bioidêntica

A “REPETÊNCIA”... (NA ESCOLA DA VIDA)

Ao se aproximar o final do ano letivo, ficamos preocupados com os resultados do colégio de nossos filhos e assim como faziam nossos pais, ficamos cobrando deles para que passem de ano, para que mudem de série. 

Entretanto, se considerarmos o nosso planeta terra como uma grande escola da vida, nós, adultos deste "colégio", algumas vezes acabamos o ano rodando em uma ou outra "disciplina", ficamos "repetindo a mesma série" de problemas.

A repetência pode acontecer em um relacionamento problemático em que viemos tentando fazer o outro (a outra) mudar sem nos darmos conta que a própria pessoa é que precisa mudar e assim induzir as mudanças no outro.

Também pode ser em um vício ou uma mania que sabemos que está nos prejudicando, e então nos prometemos parar até o final de ano, mas vira o ano e que nada, nos pegamos tudo na mesma e assim adiamos para o próximo final de ano.

Ou ficamos repetindo formas antiquadas e falidas de lidar com nossos filhos. Métodos que nossos avós usavam para ensinar nossos pais e que funcionavam muito melhor que nos dias de hoje (como respeito, limites, etc...). Entretanto, o mundo mudou rapidamente na última década e enquanto corremos atrás das exigências do mundo e das contas para pagar nos esquecemos de reciclar nossos conceitos, habilidades e responsabilidades como pais. 

Priorizamos as reuniões, a turma de jogo, os congressos, na corrida contra o tempo esquecemos de sentar e conversar com nossos filhos ( e não só fiscalizar as notas), deixamos de assisti-lo e aplaudi-lo em uma apresentação na escola (ou no jogo do seu time), e assim fortalecer sua auto-estima. Perdemos a hora de juntos fazer uma oração no momento de dormir e assim fortalecer sua força interior. 

A repetência pode ser em uma limitação ou uma dificuldade pessoal que geralmente tentamos negar para nós mesmos e principalmente para os outros. E esse processo de negação acaba obstruindo a busca de novas alternativas, de ajuda e de solução. 

Neste caso, preferimos criar um slogam ou uma programação limitadora para nossas vidas, p. ex. Ah, o meu gênio é esse e não adianta! Ah, a minha sina é esta, azar! "Se Deus quiser" no ano que vem eu vou conseguir... 

Se Deus quiser meu time "x" vai ser campeão, mas esquece que por problemas administrativo-financeiros o time teve que vender seus melhores craques... 

Se Deus quiser meu filho(a) vai passar no vestibular, mas todos sabemos que vai depender basicamente de muito estudo e dedicação pois existem "n" jovens que merecem passar. 

Se Deus quiser eu vou ficar rico, mas esquece de pelo menos, jogar na loto. 

Como se Deus tivesse alguma preferência pelo time "x" ou "y", por brancos ou negros, ricos ou pobres, partido político ou religião. Portanto, convenhamos que a expressão "se Deus quiser" é um ditado de uso corrente muito infeliz, porque na realidade Deus sempre quer o melhor para todos nós. 

Deus não escolheu Daiane dos Santos, uma jovem de origem humilde, para ser uma celebridade olímpica mundial, mas sim foi uma conjunção de sonhos(dela, da família, dos treinadores), muita fé, trabalho, obstinação, disciplina, etc... 

Por outro lado quando conseguimos as coisas pretendidas, aí sim devemos dizer "graças à Deus" porque Ele nos dá tudo que precisamos para "passar de ano" em todas as disciplinas, desde que façamos a nossa parte. 

Cortesia: Dr. Gentil Brandão de Souza 
CLÍNICA DE HIPNOTERAPIA MÉDICA